Sábado, 22 de Março de 2008

«Champions não afecta o balneário»

 
                                                                                           (Foto: Record)

 

O capitão assume que está a realizar a sua melhor época de sempre e apresenta uma folha disciplinar com apenas 4 cartões amarelos, fruto de uma mudança de atitude em campo que fazem dele um dos melhores da Liga na luta pelos milhões.

RECORD - A crítica avalizada aponta-o, a seguir a Paulo Assunção do FC Porto, como o melhor da Liga a jogar à frente da defesa. Está surpreendido?
FLÁVIO MEIRELES -
Deixa-me orgulhoso. Sem sombra de dúvidas que esta é a melhor época desde que me lembro de jogar futebol.

R - Soma apenas 4 amarelos neste campeonato e evitou o 5.º cartão em batalhas intensas com Sp. Braga e Sporting...
FM -
Antigamente era visto como um jogador muito faltoso e quezilento, mas já ultrapassei essa fase. Quatro amarelos nesta altura da época é um feito inédito. Amadureci e não preciso de entrar no jogo que entrava antigamente para que a equipa possa sair beneficiada em determinados aspectos.

R - Até onde vai a ambição deste Vitória? Sentem-se confortáveis com o tema Champions?
FM -
A Champions não pesa e não afecta o balneário, mas ninguém está obcecado.

R - Mas os milhões nunca estiveram tão perto...
FM -
Não me passa pela cabeça falhar uma prova europeia, a Champions aguarda. Os associados do Vitória sonham muito e toda a gente sonha, mas espero que olhem um bocado para a equipa e tenham consciência que já superámos todas as barreiras e obstáculos.

R - Teremos um V. Guimarães em contínua superação?
FM -
O Vitória está preparado para não cair deste nível. A nossa possível quebra nunca existiu, nem vai existir. É algo que falamos diariamente e que se combate em todos os treinos.

 

«Espero que a luta não seja desigual»
R - Que avaliação faz da luta pela entrada directa na Liga dos Campeões?
FM -
Quando se fala do Benfica e depois salta-se o Vitória de Guimarães para se falar logo do Sporting, não ficamos satisfeitos. Não valorizam o nosso trabalho e gostamos de receber o devido valor quando estamos a fazer uma boa campanha. Espero que a luta não seja desigual quando o campeonato chegar mais perto do fim e que tudo seja decidido dentro do campo. O futebol está a melhorar, devagarinho, mas está a melhorar. Sabemos que os dois grandes tem muita força, mas o Vitória caminha com passos bem fortes para também ser um grande.

 

«Preparados para as 7 finais»
R - Fez parte do Vitória europeu de 2004. São equipas comparáveis?
FM -
Essa equipa era muito boa em termos colectivos e muito forte em termos individuais. Tinha jogadores com muita experiência. Na altura não jogávamos um futebol tão atractivo, era um futebol mais defensivo e com base no erro do adversário. Hoje, o futebol do Vitória é muito mais atractivo, está à vista de toda a gente. Somos um colectivo forte e procuramos sempre ganhar. É diferente, é melhor. Este plantel respira saúde e apercebe-se que tem maior responsabilidade. Fomos nós que a [responsabilidade] criámos com o nosso desempenho e gostamos de trabalhar com esta envolvência à nossa volta. Estamos preparados para as 7 finais.

In:Record

publicado por CláudiaBragança às 22:45
link do post | comentar | favorito

.il capitano

Flávio Miguel Magalhães Sousa Meireles
Data de nascimento: 03/10/1976
Altura: 1,87m
Peso: 88 kg
Posição: Médio-defensivo
Número da camisola: 26
Nacionalidade: Portuguesa
Naturalidade: Ribeira de Pena
Residência: Guimarães

Trajectória:
1996/97: Moreirense
1997/98: Moreirense / Fafe
1998/2000: Fafe
2000/2003: Moreirense
Desde 2003: Vitória de Guimarães

.Participe!

Qualquer dúvida, sugestão ou mensagem
que queira deixar neste blog por favor
utilize o nosso e-mail.

 

flaviomeireles26@sapo.pt

.links

.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.arquivos

blogs SAPO

.subscrever feeds