Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2008

Vergonha na Madeira


                                                                                 (Foto:VitoriaGrande)

 
Foi bem mais interessante a meia hora do jogo de anteontem que os 60' disputados ontem no estádio da Madeira. O adiamento da partida parece ter feito mal às duas equipas - especialmente à do Guimarães -, que rubricaram um jogo marcado por consecutivas quedas, muitos passes transviados e futebol feito de pontapé para a frente, para o lado e até para trás. O Nacional foi um justo vencedor, não só pela maneira como aproveitou a apatia do adversário, mas também pela forma como soube tirar vantagem das várias oportunidades que criou. Uma vitória sem mágoa, apenas estragada pelas atitudes do seu treinador no final do encontro, mas isso são contas de outro rosário.
Os 15 minutos que faltavam disputar da primeira parte foram quase de adormecer. As equipas pareciam receosas, não mostravam capacidade de se adaptarem ao relvado escorregadio, e, como tal, o intervalo acabou por ser uma réstia de esperança de que tudo fosse diferente na segunda parte.
E foi-o por uma razão: o Nacional entrou muito mais pressionante, mais rápido, com os olhos postos na baliza de Nilson, perante um Guimarães que fez seguramente uma das piores exibições da época. A sua atitude valeu-lhe marcar um golo e quase se pode dizer que sentenciou o jogo.
Manuel Cajuda decidiu fazer três alterações de uma assentada, mas até isso foi um fracasso. Roberto, apesar do chuveirinho final, estava sempre muito longe da grande área, o acerto na defesa com a entrada de Andrezinho - Sereno passou para central - foi mais um desacerto, e, obviamente, o Nacional aproveitou, e bem, todas essas lacunas contrárias.
Sem ter necessidade de fazer uma exibição de encher o olho, a equipa nacionalista podia ter aumentado a vantagem. Já o Guimarães nada fez, ou o que fez foi mau, para chegar ao empate. E, para se ter uma ideia do desempenho dos minhotos, basta dizer que o único remate à baliza que efectuaram na segunda parte foi por João Alves, na cobrança de um livre.

Crónica de: Rui Gomes, inO Jogo

.


                                                                                  (Foto:VitoriaGrande)

.

.

Ficha de jogo
CD Nacional 1-0 Vitória SC
(Fabiano Oliveira 35')

Competição: BWinLiga (19ª jornada)
Estádio: Estádio da Madeira
Árbitro: Paulo Batista

CD Nacional
Bracalli, Patacas, Ricardo Fernandes, Cardozo, Alonso, Cléber, Edson, Juliano (Reinaldo 90'), Rodrigo (Adriano 86'), Fabiano Oliveira e Fábio Coentrão (Juninho 74'
Treinador: Jokanovic

Vitória SC
Nilson, Sereno, Moreno (Andrezinho 60'), Geromel, Desmarets, João Alves, Flávio Meireles, Carlitos (Fajardo 60'), Ghilas (Roberto 60'), Alan e Miljan
Treinador: Manuel Cajuda

Cartões amarelos: Alonso (40'), Bracalli (70') e Geromel (73')
Cartões vermelhos: Jokanovic (final do encontro)

.


                                                                                  (Foto:VitoriaGrande)

 

Avaliação

Nilson e Meireles disfarçaram a apatia

(3) Flávio Meireles
O mais regular entre os minhotos. Apagou muitos "fogos" na sua zona de acção, emprestou grande espírito de luta ao seu meio-campo e apenas terá deixado algo a desejar pela falta de objectividade aquando da posse da bola.
In:
O Jogo

(5) Flávio Meireles
Tranquilo: Segurou o meio-campo e cumpriu a missão.
In: A Bola

JMV - Flávio Meireles
O 'patrão' vitoriano assumiu o comando do jogo e ainda conseguiu evitar que uma bola, que Cardozo cabeceou, chegasse a Cléber e este lhe desse o empurrão fatal. Na 'segunda metade' do jogo continuou a ser o coordenador da sua equipa.
In:
SportDigital

Figura do jogo: Flávio Meireles
No meio de tanta apatia na equipa vitoriana o capitão foi dos mais esclarecidos. Com o seu enorme pulmão foi dos poucos a ter lucidez suficiente para remar contra a maré.
In:
VitoriaGrande

.

Resumo
Vejaaquios acontecimentos desta polémica partida.

publicado por CláudiaBragança às 23:20
link do post | comentar | favorito

.il capitano

Flávio Miguel Magalhães Sousa Meireles
Data de nascimento: 03/10/1976
Altura: 1,87m
Peso: 88 kg
Posição: Médio-defensivo
Número da camisola: 26
Nacionalidade: Portuguesa
Naturalidade: Ribeira de Pena
Residência: Guimarães

Trajectória:
1996/97: Moreirense
1997/98: Moreirense / Fafe
1998/2000: Fafe
2000/2003: Moreirense
Desde 2003: Vitória de Guimarães

.Participe!

Qualquer dúvida, sugestão ou mensagem
que queira deixar neste blog por favor
utilize o nosso e-mail.

 

flaviomeireles26@sapo.pt

.links

.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.arquivos

blogs SAPO

.subscrever feeds