Domingo, 16 de Dezembro de 2007

Injustiça na derrota frente ao campeão nacional

 

Crónica
E assim se resume a derrota de ontem do Vitória em pleno Estádio do Dragão. Como prometido, o Vitória olhou sempre olho no olho do campeão e voltou a demonstrar o porquê de continuar a ser considerada uma das equipas que melhor joga na actual temporada.
No entanto, o que vai separando as boas equipas das grandes equipas é mesmo a eficácia e nisso, o Porto não deu qualquer hipótese aos vitorianos. O caso mais flagrante é mesmo o da etapa complementar. O Vitória foi superior, criou quatro excelentes ocasiões de golo, mas foram os "azuis e brancos" a marcar, em dois erros da defensiva vitoriana.
Por isso, não haverá muito a contar de um jogo em que o Vitória voltou a deixar uma magnífica imagem do seu potencial, mas também continuou a denotar que ainda é uma equipa em fase de crescimento e com falta de poder de fogo no ataque.
Em suma, o Porto terá tido pela frente o adversário que mais trabalho lhe deu na presente temporada, acima de tudo porque teve coragem na forma como encarou a partida. Aliás, os longos aplausos dos adeptos vitorianos no final da partida explicam bem que todos eles ficaram satisfeitos com a entrega e nível exibicional da equipa.
Quanto aos portistas, aproveitaram os erros do Vitória, foram 100% eficazes na segunda parte e caminham alegremente para o tri-campeonato. Em relação ao Vitória, espera-se um triunfo já no próximo Sábado diante de um adversário que, esse sim, luta pelos mesmos objectivos.

In: VitóriaSempre

.

Ficha de jogo

FC Porto 2 - 0 Vitória SC
(Tarik 55' e Lisandro 73')

Competição: BWinLiga (13ª jornada)
Estádio: Estádio do Dragão
Árbitro: Olegário Benquerença
.

FC Porto
Helton, Bosingwa, Pedro Emanuel, Bruno Alves, Cech, Paulo Assunção, Raul Meireles (68'), Lucho (76'), Tarik (80'), Quaresma e Lisandro
Jogaram ainda: Bolatti (68'), Mariano Gonzaléz (76') e Adriano (80')
Treinador: Jesualdo Ferreira

Vitória SC
Nilson, Andrézinho, Geromel, Sereno, Desmarets, Flávio
, João Alves (73'), Fajardo, Ghilas (59'), Alan e Miljan
Jogaram ainda:
Targino (59') e Carlitos (73')
Treinador:
Manuel Cajuda
.
Cartões amarelos:
Ghilas (14'), Quaresma (37') e Flávio (82')
Cartões vermelhos: -


.

Avaliação

3 Flávio Meireles
O capitão marcou a sua presença no meio-campo vitoriano e foi um exemplo de determinação na forma como se entregou ao jogo e deu consistência ao jogo defensivo da sua equipa.
In:
O Jogo

3 Flávio Meireles
Missão muito ingrata perante um Lucho inspirado. Melhorou nesse duelo quando o argentino acusou fisicamente, passando então a ter outra preponderância no lançamento dos venenosos ataques rápidos vitorianos, quase sempre mal definidos pelos companheiros.
In: Record

Flávio
Imperial a exibição do capitão vitoriano. Foi um verdadeiro tampão no "miolo" do Vitória e a garra e coragem com que se exibiu ao longo de toda a partida contagiou toda a equipa.
In: VitóriaSempre

Flávio: Capitão ao leme
Foi um dos esteios do meio-campo do Vitória. Foram muitas as bolas recuperadas sem necessidade de recurso... à falta. Por essa razão, destacou-se na partida realizando uma exibição realmente soberba.
In: Desportivo de Guimarães

.
As imagens do jogo


In:
O Jogo


In:
Record


Resumo
Veja aqui o resumo do jogo.

publicado por CláudiaBragança às 23:29
link do post | comentar | favorito

.il capitano

Flávio Miguel Magalhães Sousa Meireles
Data de nascimento: 03/10/1976
Altura: 1,87m
Peso: 88 kg
Posição: Médio-defensivo
Número da camisola: 26
Nacionalidade: Portuguesa
Naturalidade: Ribeira de Pena
Residência: Guimarães

Trajectória:
1996/97: Moreirense
1997/98: Moreirense / Fafe
1998/2000: Fafe
2000/2003: Moreirense
Desde 2003: Vitória de Guimarães

.Participe!

Qualquer dúvida, sugestão ou mensagem
que queira deixar neste blog por favor
utilize o nosso e-mail.

 

flaviomeireles26@sapo.pt

.links

.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.arquivos

blogs SAPO

.subscrever feeds