Terça-feira, 27 de Novembro de 2007

Injustiça!

.
Crónica

O Vitória sofreu esta noite uma derrota por 3 – 2 frente ao Boavista, no Estádio do Bessa. Contar a história do jogo é tarefa hercúlea: tão difícil é digerir este resultado, como será difícil expressar por palavras a superioridade do Vitória.
Mas vamos por partes. Quando a equipa vitoriana “acordou”, marcava o relógio 13 minutos de jogo, já o placard assinalava uma vantagem de 2 – 0 do Boavista.
Sem nada ter feito por isso, e depois de 2 livres laterais, o Boavista marcava por Fary e Radanovic (autogolo).
A partir daqui, talvez o Vitória tenha feito a melhor exibição da época. Felipe entrou para o lugar de Luciano e 5 minutos depois já facturava. O Vitória nunca tirou o pé do acelerador mas chegou ao intervalo ainda a perder.
No segundo tempo, mais do mesmo. Jogo de sentido único e a denunciar o maior banho de bola que se viu nesta temporada em jogos do Vitória. O empate chegava com naturalidade por intermédio de outro jogador vindo do banco: Tiago Targino.
Com 2 – 2 no marcador, o Vitória continuou a ser a melhor equipa. Contudo, outro lance de bola parada (mais um!!) oferecia ao Boavista um resultado mais difícil de sair em sorte que o jackpot do Euromilhões.
Com 10 minutos para jogar, os comandados de Cajuda ainda se lançaram para cima do adversário. Flávio não conseguiu marcar em cima da linha e Alan desperdiçou com a baliza escancarada.
É certo que não se pode falar em milagre mas, por esta altura, os boavisteiros devem estar a perguntar aos céus como conseguiram ganhar este jogo.
Lucílio Baptista fez uma arbitragem ao nível do que já habituou os vitorianos. Talvez por isso, o melhor a fazer seja evitar qualquer tipo de comentário ao trabalho da equipa de arbitragem.

In: Site oficial Vitória SC

.
Ficha de jogo

Boavista FC 3 - 2 Vitória SC
(Fary 1', Radanovic (PB) 13', Felipe 29', Targino 66 e Ricardo Silva 80')

Competição: BWinLiga (11ª jornada)
Estádio: Estádio do Bessa
Árbitro: Lucílio Batista
.
Boavista FC
Peter Jehle, Rissutt, Ricardo Silva, Marcelão, Bruno Pinheiro, Diakité, Fleurival (66'), Jorge Ribeiro, Mateus (57'), Fary (76'), Grzelak
Suplentes utilizados: Edgar (57'), Olufemi (66') e Bangoura (76') 
Suplentes não utilizados: Carlos, Laionel, Gajic e Gilberto
Treinador: Jaime Pacheco
.
Vitória SC
Nilson, Andrézinho, Geromel, Radanovic, Luciano, Flávio, João Alves, Fajardo, Alan, Desmarets e Ghilas
Suplentes utilizados: Felipe (23'), Targino (65') e Rabiola (84')
Suplentes não utilizados: Serginho, Moreno, Márcio Martins e Carlitos
Treinador: Manuel Cajuda
.
Cartões amarelos: Fajardo (25'), Felipe (35'), Diakité (73') e Targino (80')
Cartões vermelhos: -
.
Avaliação


3 Flávio Meireles

O médio mais lúcido, que tentou remar contra o desacerto que existiu atrás de si e ao seu lado. Acabou a defesa-central.
In:
O Jogo
.
Resumo
Veja aqui o resumo da partida.
publicado por CláudiaBragança às 20:50
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Mimi a 29 de Novembro de 2007 às 22:18
Tens mesmo razao foi mesmo uma injustiça, mas hao de pagar-las.
Parabéns, tudo de bom...

Comentar post

.il capitano

Flávio Miguel Magalhães Sousa Meireles
Data de nascimento: 03/10/1976
Altura: 1,87m
Peso: 88 kg
Posição: Médio-defensivo
Número da camisola: 26
Nacionalidade: Portuguesa
Naturalidade: Ribeira de Pena
Residência: Guimarães

Trajectória:
1996/97: Moreirense
1997/98: Moreirense / Fafe
1998/2000: Fafe
2000/2003: Moreirense
Desde 2003: Vitória de Guimarães

.Participe!

Qualquer dúvida, sugestão ou mensagem
que queira deixar neste blog por favor
utilize o nosso e-mail.

 

flaviomeireles26@sapo.pt

.links

.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.arquivos

blogs SAPO

.subscrever feeds