Domingo, 15 de Março de 2009

À quinta foi mesmo de vez!


                                                                                    Foto: vitoriasc.pt

 

Crónica

Despiste na corrida ao trono
Vítor Rodrigues

Com adeptos assim, quem precisa de inimigos? Esta poderá ser uma das conclusões a extrair da derrota que o Benfica averbou ontem na Luz, a primeira da época no seu estádio, e que coloca em sério risco a candidatura encarnada ao título. Manuel Cajuda, o técnico do Guimarães, desvendou na véspera que nutre uma simpatia especial pelo emblema da águia, mas que isso não o iria impedir de tentar somar o seu primeiro triunfo na Luz. E a verdade é que montou uma estratégia que visava não perder - os vimaranenses fizeram cinco remates em todo o jogo -, mas que lhe concretizou o desejo, embora beneficiando de um erro da equipa de arbitragem e das habituais lacunas da equipa da casa.
Com um sistema de jogo demasiado previsível e sem a magia de Aimar, o Benfica demorou a encontrar a melhor forma de contrariar um esquema de condensação do adversário, que privilegiava a concentração de jogadores no meio-campo, sem descurar a marcação aos... laterais encarnados. Espartilhado, raramente o conjunto de Quique Flores logrou criar perigo - a primeira ocasião a sério surgiu... um minuto antes do golo do Guimarães! -, apesar de apostar num futebol pelas alas no qual Di María e Reyes tentavam dinamitar a defesa visitante.
Progressivamente, o Benfica conseguiu aproximar-se da zona onde se decidem os jogos, mas o golo de Roberto colocou a nu as debilidades encarnadas. Faltava um construtor de jogo, mais bola jogável para Cardozo, espontaneidade e velocidade, algo que só surgiu na Luz mais como reacção ao resultado adverso do que por acerto de um colectivo onde só Katsouranis tentava circular a bola para abrir brechas na estrutura contrária, bastante coesa, principalmente pela colocação de Flávio Meireles ao lado de João Alves, à frente da defesa, e pela liberdade concedida a Nuno Assis e Marquinho.
Quando finalmente Aimar recuou no terreno e segurou na batuta, o Benfica cheirou o golo, mas esbarrou num conjunto que durante muitos minutos escondeu a bola com qualidade, obrigando os pupilos de Quique Flores a um desgaste suplementar. Já sem Cardozo, mas com Nuno Gomes mais móvel, o Benfica esteve perto de amenizar o prejuízo, mas o apito final soou confirmando a primeira derrota encarnada em quatro jogos oficiais esta época ante o Guimarães. Um desaire que impediu o emblema da águia de passar 24 horas no trono da Liga e, ao invés, pode ter consequências gravosas, pois pode afastá-lo irremediavelmente do título. Se o FC Porto vencer hoje, ficará com cinco pontos de vantagem...

Crónica do jornal O Jogo

 

Ficha de jogo

SL Benfica 0-1 Vitória SC
(Roberto 65')

SL Benfica
Moreira, Maxi Pereira, Luisão, Miguel Vitor, David Luiz, Katsouranis, Yebda (Balboa 81'), Di Maria (Urreta 72'), Reyes, Aimar e Cardozo (Nuno Gomes 59')
Suplentes não utilizados: Quim, Sidnei, Jorge Ribeiro e Binya
Treinador: Quique Flores
Golos: -
Cartões amarelos: Yebda (74') e Aimar (90'+5')
Cartões vermelhos: -

Vitória SC
Nilson, Lionn, Gregory, Moreno, Milhazes, Flávio Meireles, João Alves (Wênio 90'), Desmarets, Nuno Assis, Marquinho (Cícero 84') e Roberto (Fajardo 78')
Suplentes não utilizados: Nuno Santos, Luciano Amaral, Danilo e Custódio
Treinador: Manuel Cajuda
Golos: Roberto
Cartões amarelos: Lionn (73'), Nilson (90'+3') e Flávio Meireles (90'+5') 
Cartões vermelhos: Cícero (90'+1')

 

Avaliação
A prestação do capitão, segundo a imprensa

Flávio Meireles - 4
Deveria ter encaixado em Aimar, mas o argentino fugiu-lhe por diversas vezes. Por sorte, as fugas quase nunca resultaram em danos graves. Acabou por ser importante, quando foi preciso suster o caudal ofensivo benfiquista.
O Jogo

Flávio Meireles - 7
Mais uma vez confirmou que os adeptos se podem sentir mas confortáveis quando ele está no desempenho das suas funções. Nota alta!
SportDigital

 

Declarações
As recções do capitão a este encontro

Flávio Meireles
“Cumpri as ordens que me foram dadas. Tentei fazer o meu melhor mas acho que, acima de tudo, a equipa foi inteligente perante um adversário que está a lutar pelo título. Não é fácil jogar no estádio da Luz mas fizemos um jogo muito bem conseguido. Penso que foi das melhores exibições que o Vitória fez este ano. Acho que foi inteiramente merecida esta vitória. Estes adeptos são únicos e espero que compareçam em massa no jogo com o FC Porto para nos apoiarem. São eles que nos dão motivação e força para continuarmos a honrar esta camisola”.
VitoriaSC.pt
  

 

Resumo
Veja aqui o resumo da partida (GuimarãesTV) 

publicado por CláudiaBragança às 20:56
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De micaela a 18 de Março de 2009 às 10:08
Tenho pena que o meu clube tivesse perdido, mas o Vitória fez um grande hoje e mereceu a vitória...

Estão de parabéns
De silvia dias a 23 de Março de 2009 às 14:17
"...beneficiando de um erro da equipa de arbitragem..."

Nem eu, nem ninguém viu um erro da equipa de arbitragem... Limpinho o golo. Penso que foi mau passar a crónica tal como está no "O Jogo"...
De Izmailov7 a 31 de Março de 2009 às 15:08
Olá :D
Ainda acredito sinceramente que o Vitória consiga um lugar de topo no final da temporada. FORÇAA!

Beijinhos

Comentar post

.il capitano

Flávio Miguel Magalhães Sousa Meireles
Data de nascimento: 03/10/1976
Altura: 1,87m
Peso: 88 kg
Posição: Médio-defensivo
Número da camisola: 26
Nacionalidade: Portuguesa
Naturalidade: Ribeira de Pena
Residência: Guimarães

Trajectória:
1996/97: Moreirense
1997/98: Moreirense / Fafe
1998/2000: Fafe
2000/2003: Moreirense
Desde 2003: Vitória de Guimarães

.Participe!

Qualquer dúvida, sugestão ou mensagem
que queira deixar neste blog por favor
utilize o nosso e-mail.

 

flaviomeireles26@sapo.pt

.links

.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.arquivos

blogs SAPO

.subscrever feeds