Sexta-feira, 3 de Outubro de 2008

Eles não mereciam!


                                                                                  Foto: GettyImages

 

Crónica

Quem já leu as aventuras do Astérix em banda desenhada, sabe perfeitamente que os gauleses só têm medo que o céu lhes caia em cima da cabeça. Dá vontade de rir. Em futebol, é coisa séria. O tamanho conta muito, desequilibra e a eliminação do Guimarães da Taça UEFA terminou por aí, depois de ter começado precisamente pelos mais pequenos em terras de Sua Majestade: Diarra e Defoe. Ambos deram razão aos avisos de Manuel Cajuda, mas quis o destino que a desgraça dos minhotos se escrevesse quase a partir das estrelas e, paradoxalmente, a horas nada britânicas - inglês que se preze janta quando se deve lanchar e deita-se ainda se pode tirar uma sesta da tarde. A pontualidade também é ponto de honra para os britânicos, mas foi precisamente já no prolongamento que o Portsmouth aplicou a estocada fatal. Do alto dos seus 2,01 metros, Crouch mostrou que a sua cabeça não serve unicamente para andar entre as nuvens. É de uma utilidade tremenda, não padece de vertigens e ridiculariza qualquer jogador que ouse enfrentá-lo. Andrezinho foi a vítima mais recente. Conseguido o tal golo que valia por dois, o Guimarães desabou e voltou a ser aquela figura alta e desengonçada a repor a igualdade no marcador.
As injustiças são assim mesmo, gostam de andar de braço dado com os gigantes. E o Guimarães foi realmente apanhado na curva, depois de se ter revelado um verdadeiro Fórmula 1 no primeiro tempo. Redimensionada num 4x4x2 em losango, com Gregory na defesa e Wênio no meio-campo, a equipa de Manuel Cajuda perdeu o medo, até o respeito ao Portsmouth, e desatou a coleccionar lances de perigo junto da baliza de David James. Atarantados, os visitantes nem conseguiam reagir; era incrível ver todas aquelas estrelas milionárias com o credo na boca. Com um salto mortal, Douglas materializava o domínio claro dos donos da casa; depois, coube a David James, com a ajuda de João Alves, mostrar que nenhum guarda-redes do Mundo (incluindo os melhores) está imune a "frangos". Estava igualada a eliminatória.
O grande problema é que o Portsmouth nunca caiu, até mesmo quando estava encostado às cordas. De tanto bater no adversário britânico, os minhotos cansaram-se (Carlitos e Douglas praticamente estouraram), desceram de rendimento após o intervalo e acabaram esmagados do alto. Pelo "insuspeito" Crouch.

Crónica do jornal O Jogo

 

Ficha de jogo

Vitória SC 2-2 Portsmouth
(Douglas 18', João Alves 31' e  Peter Crouch 104' e 119')

Competição: Apuramento para a fase de grupos da Taça UEFA (2ª mão)
Estádio: D. Afonso Henriques, Guimarães
Arbitragem: Selcuk Dereli; Cem satman e Erdnicsezertam; Bulent Yildirim

Vitória SC
Nilson, Andrezinho, Danilo, Gregory, Luciano Amaral, Flávio, João Alves, Wênio, Desmarets, Roberto e Douglas
Jogaram ainda: Carlitos, Fajardo e Jean Coral
Suplentes não utilizados: Serginho, Tiago Ronaldo, Moreno e Mohma
Treinador: Manuel Cajuda
Golos: Douglas e João Alves
Cartões amarelos: Flávio, Danilo e Douglas
Cartões vermelhos: -

Portsmouth
David James, Sol Campbell, Distin, Glen Johnson, Sean Davis, Pamarot, Hughes, Peter Crouch, Defoe, Diarra e Traore
Jogaram ainda: Mvuemba, Belhadj e Kaboul
Suplentes não utilizados: Jamie Ashdown, Glen Little, Hreidarsson e Kanu
Treinador: Harry Redknapp
Cartões amarelos: -
Cartões vermelhos: -

 


                                                                               Foto: GettyImages

 

Avaliação
A prestação do capitão segundo a imprensa

Flávio Meireles - 6
Na pele de médio mais posicional, o experiente médio soube dar consistência e ajudar a equipa na primeira fase de construção. Ainda marcou, mas estava, de facto, em posição de fora-de-jogo.
O Jogo

Flávio Meireles - 7
Soberbo na forma como "fez peito" aos artistas ingleses. Temos pena de ainda não termos visto - na TV - o lance em que colocou a bola no fundo das redes contrárias. Teria resolvido a partida. Foi injustamente amarelado pelo senhor turco.
SportDigital

 

Resumo
Veja aqui o resumo desta partida preparado pela GuimarãesTV

 

publicado por CláudiaBragança às 17:20
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De ameliabrandao a 3 de Outubro de 2008 às 22:40
Agora ide chorar no ombro do benfica. traidores, trais-tes a vossa pátria ao fazer um acordo com a equipa estrangeira.
De fernando a 4 de Outubro de 2008 às 07:22
Porque é que vocés portistas de meia tigela depois de terem levado uma liçao de futebol dos ingleses, ainda teem coragem de criticar uma equipa que perdeu a eliminatoria , mas jogou futebol, enqunto voçés VIRAM jogar futebol. VITOOOOOOOOOORIA és grande!!!!!!
Porque se nao O fosses nao incomodavas tanta gente.

Comentar post

.il capitano

Flávio Miguel Magalhães Sousa Meireles
Data de nascimento: 03/10/1976
Altura: 1,87m
Peso: 88 kg
Posição: Médio-defensivo
Número da camisola: 26
Nacionalidade: Portuguesa
Naturalidade: Ribeira de Pena
Residência: Guimarães

Trajectória:
1996/97: Moreirense
1997/98: Moreirense / Fafe
1998/2000: Fafe
2000/2003: Moreirense
Desde 2003: Vitória de Guimarães

.vídeos

Veja nonosso canal no You Tube
todos os vídeos relacionados com o Flávio.



Outros vídeos:

Declarações à GuimarãesTV

Reportagem RTP - Trio de Ataque

O capitão mais feliz do mundo

.o que dizem dele...

 

"O Flávio é o melhor
jogador que já treinei"
,

Manuel Machado 

 

"O Flávio é o melhor capitão
que tive em 25 anos de carreira.
Não que os outros não fossem bons,
mas ele é melhor,
porque além de tudo
é um colega."

Manuel Cajuda

 

"Nuno Santos aproveitou a
entrevista do jornal "O Vitória"
para falar de um atleta que o
impressionou pela positiva.
Nuno deixa aqui bem patente a
admiração por Flávio e enaltece
o peso do capitão no balneário:
"Quando cá cheguei, ouvi muitas
pessoas a dizer que o Flávio
estava há demasiado tempo no
Vitória. Dá-me vontade de rir,
porque as pessoas não fazem ideia
da importância do nosso capitão
dentro do balneário.
Ele é grande em tudo.
Transporta a mística do clube, integra
os que chegam, orienta os miúdos
e, além de tudo isto, dá a vida pelo
Vitória.

O Flávio, assim como o Moreno,
devem ser preservados, porque são
eles a alma do Vitória.
São os capitães na verdadeira acepção
da palavra. É um enorme prazer conviver
diariamente com gente desta natureza."
Nuno Santos (Jogador do VitóriaSC)

 

"Há um certo peso naquilo que eu digo,
tal como há no Flávio. Ele é a verdadeira
representatividade da massa associativa
dentro do campo, com o seu espírito guerreiro.
Capitão melhor do que ele não poderia haver,
é um capitão com propriedade porque se trata
de uma pessoa fantástica, um verdadeiro líder
que puxa sempre para cima."
Nilson (Jogador VitóriaSC)

.destaque Revista J

.Participe!

Qualquer dúvida, sugestão ou mensagem
que queira deixar neste blog por favor
utilize o nosso e-mail.

 

flaviomeireles26@sapo.pt

.links

.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.arquivos

.número de visitas

.fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds