Quinta-feira, 17 de Abril de 2008

Um símbolo da conquista

 

1 A identificação é perfeita entre a equipa e o público: se o V. Guimarães é uma equipa fascinante, o Afonso Henriques é o inferno electrizante para os adversários e o local de peregrinação que empurra os heróis da casa para o céu. A harmonia entre o barulho das bancadas e o fulgor do que sucede nas quatro linhas é tão perfeita que chega a parecer resultado de uma levitação colectiva, à qual cada um se entrega de alma e coração. Porque até esses fenómenos assentam em nomes próprios, do exército de fé inabalável ressalta a figura transfigurada do capitão das tormentas e da bonança, cada vez mais líder consciente e futebolístico, que despojou a violência gratuita do repertório e está a levar a metamorfose para valores inimagináveis: perde à 27.ª ronda o primeiro jogo por castigo, na sequência de um lance em que foi agredido na face e o árbitro incompetente lhe mostrou o cartão amarelo.

2 Flávio Meireles é a rede do trapézio esplendoroso em que o Vitória transforma a aventura de trocar a bola; o interruptor que liga o carrossel e a bandeira que torna o ataque uma causa comunitária. Mas é também uma espécie de sentinela operacional que filtra as investidas adversárias e alerta quem joga atrás para os perigos que vão a caminho. Porque o futebol é muito mais do que defender e atacar, tem depurado o tipo de intervenção na equipa e, principalmente, no jogo. Sabemos hoje que por detrás do kamikaze de outrora, grosseiro e contundente, escondia-se um médio inteligente, que sabe medir os perigos e antecipar os desiquilíbrios; que tem visão periférica de 360 graus e está apetrechado com argumentos técnicos e tácticos para dar resposta a todas as solicitações; que prefere estar mas também sabe ir; que mesmo quando vai e vem está sempre onde é preciso.

3 Em articulação com João Alves (uma palavra para defini-lo: espantoso) e Desmarets, é ele a figura central do maior fenómeno da Liga 2007/08, cujo plano de viagem, suas regras e segredos, tem registado no disco rígido. Numa equipa que joga futebol de altíssima qualidade, Flávio Meireles desempenha também o papel do irmão mais velho, que se diverte mas entra na festa com responsabilidade acrescida. Se Ghilas, Alan e Mrdakovic jogam a sorrir, com a fantasia dos predestinados, ele preocupa-se com a harmonia estrutural, com a segurança da casa e o rumo dos acontecimentos, mantendo elos de ligação à ideia base e ao projecto mais amplo definido por Manuel Cajuda. Só superado pelo portista Paulo Assunção, Flávio tem sido o médio-defensivo português em melhor forma, com rendimento mais regular e influência mais marcante na equipa que representa.

4 Capitão da nave espacial em que se tornou o V. Guimarães, ele é estrela na terra onde vive há 17 anos e o cidadão para quem o êxito excede o orgulho de ser futebolista. Flávio Meireles avalia, melhor do que os outros, o significado emocional, político e social de viver por dentro esta ilusão tornada realidade que é viajar na mesma órbita das potências nacionais e já ter garantido um lugar no paraíso da imortalidade. Porque a sua causa é a do Vitória Sport Clube, andou pela Taça UEFA e teve a coragem de dar a cara na descida; recebeu propostas vindas do estrangeiro, que o manteriam em patamares competitivos superiores, mas preferiu permanecer no barco e adaptar o contrato aos parâmetros da Liga de Honra. Também por isso, é justo considerá-lo um dos símbolos maiores da sensacional conquista vimaranense, cuja extensão pode mesmo atingir um lugar na Liga dos Campeões.

 

O irmão mais velho
Em 2007/08, Flávio Meireles tem sido o médio defensivo português em melhor forma e com rendimento mais regular

Crónica "Sexto Sentido" de Rui Dias, no jornal Record

publicado por CláudiaBragança às 20:11
link do post | comentar | favorito
|

.il capitano

Flávio Miguel Magalhães Sousa Meireles
Data de nascimento: 03/10/1976
Altura: 1,87m
Peso: 88 kg
Posição: Médio-defensivo
Número da camisola: 26
Nacionalidade: Portuguesa
Naturalidade: Ribeira de Pena
Residência: Guimarães

Trajectória:
1996/97: Moreirense
1997/98: Moreirense / Fafe
1998/2000: Fafe
2000/2003: Moreirense
Desde 2003: Vitória de Guimarães

.vídeos

Veja nonosso canal no You Tube
todos os vídeos relacionados com o Flávio.



Outros vídeos:

Declarações à GuimarãesTV

Reportagem RTP - Trio de Ataque

O capitão mais feliz do mundo

.o que dizem dele...

 

"O Flávio é o melhor
jogador que já treinei"
,

Manuel Machado 

 

"O Flávio é o melhor capitão
que tive em 25 anos de carreira.
Não que os outros não fossem bons,
mas ele é melhor,
porque além de tudo
é um colega."

Manuel Cajuda

 

"Nuno Santos aproveitou a
entrevista do jornal "O Vitória"
para falar de um atleta que o
impressionou pela positiva.
Nuno deixa aqui bem patente a
admiração por Flávio e enaltece
o peso do capitão no balneário:
"Quando cá cheguei, ouvi muitas
pessoas a dizer que o Flávio
estava há demasiado tempo no
Vitória. Dá-me vontade de rir,
porque as pessoas não fazem ideia
da importância do nosso capitão
dentro do balneário.
Ele é grande em tudo.
Transporta a mística do clube, integra
os que chegam, orienta os miúdos
e, além de tudo isto, dá a vida pelo
Vitória.

O Flávio, assim como o Moreno,
devem ser preservados, porque são
eles a alma do Vitória.
São os capitães na verdadeira acepção
da palavra. É um enorme prazer conviver
diariamente com gente desta natureza."
Nuno Santos (Jogador do VitóriaSC)

 

"Há um certo peso naquilo que eu digo,
tal como há no Flávio. Ele é a verdadeira
representatividade da massa associativa
dentro do campo, com o seu espírito guerreiro.
Capitão melhor do que ele não poderia haver,
é um capitão com propriedade porque se trata
de uma pessoa fantástica, um verdadeiro líder
que puxa sempre para cima."
Nilson (Jogador VitóriaSC)

.destaque Revista J

.Participe!

Qualquer dúvida, sugestão ou mensagem
que queira deixar neste blog por favor
utilize o nosso e-mail.

 

flaviomeireles26@sapo.pt

.links

.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.arquivos

.número de visitas

.fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds