Domingo, 27 de Janeiro de 2008

Sonho adiado


                                                                                  (Foto: GettyImages)

 

O Vitória perdeu esta noite com o Benfica (1 – 3) e também a possibilidade de ascender ao segundo lugar da Bwin Liga.
Tal como acontece quase sempre nas suas visitas a Guimaraes, o Benfica saiu mais uma vez a sorrir do Estádio D. Afonso Henriques. Apesar da dificuldade em engolir este resultado, mais complicado é perceber que o Vitória deu 45 minutos de avanço ao seu adversário.
A equipa de Manuel Cajuda deixou no balneário, durante a primeira parte, tudo aquilo que lhe confere o estatuto de uma das melhores equipas nacionais. A agressividade, velocidade e posse de bola foram atributos esquecidos pelos jogadores vitorianos e o resultado disso não podia ser mais desastroso.
Ao intervalo, dois golos de desvantagem eram um castigo duro mas que puniu a apatia dos vitorianos. Cardozo fez um grande golo de livre directo e Maxi Pereira respondeu com acerto a uma brilhante iniciativa de Di Maria.
No regresso das cabines, aí sim, o Vitória voltou a exibir a pujança de sempre. A raça e o querer acantonaram os benfiquistas e Ghilas colocou a equipa de novo na discussão do encontro. Depois, o Vitória teve cinco minutos verdadeiramente alucinantes e que podiam oferecer o empate aos mais de 25.000 espectadores.
Assim não foi e começaram a faltar forças aos guerreiros vimaranenses. Cajuda colocou muita gente na frente (uma opção perfeitamente lógica!) mas perdeu unidades no combate do miolo. Paulatinamente o jogo baixou de ritmo e o Vitória começou a dar sinais de que não seria hoje que o segundo lugar viria para o Castelo.
Até final, tempo ainda para Cardozo bisar: Nilson chutou a bola contra o paraguaio – que terá segurado o esférico com a ajuda da mão – e este não desaproveitou. Estava terminado um jogo que trouxe novos (aziagos) sentimentos aos vitorianos.
A terminar, uma última nota. Manuel Cajuda já deu a cara pelos jogadores na conferência de imprensa que se segue a cada desafio. E certeza, apenas uma: que ninguém pense que a luta terminou!

Crónica in:VitóriaSC.pt

.
Ficha de jogo
VitóriaSC 1-3 SL Benfica
( Cardozo 8' e 90'+2', Maxi Pereira 27' e Ghilas 61' )

Competição: BWinLiga (17ª jornada)
Estádio: D. Afonso Henriques, Guimarães
Árbitro: João Ferreira

Vitória SC
Nilson, Andrézinho, Sereno, Geromel, Luciano (Roberto, 61'), Flávio Meireles, João Alves (Ghilas, 46'), Alan, Fajardo (Carlitos, 46'), Desmarets e Miljan
Treinador: Manuel Cajuda

SL Benfica
Quim, Luís Filipe, Edcarlos, David Luiz (Nuno Assis, 45'+5'), Nélson, Petit, Katsouranis, Maxi Pereira, Rui Costa (Nuno Gomes, 85'), Di María (Freddy Adu, 70') e Cardozo
Treinador: José António Camacho

Cartões amarelos: Petit (18m), Rui Costa (34m), Ghilas (59m), Nélson (59m) e Di María (67m)
Cartões vermelhos: -
.


                                                                                 (Foto: MaisFutebol)

Avaliação
(3) Flávio Meireles
Procurou ter sempre Rui Costa sob vigilância, concedendo-lhe poucos espaços, mas sem perder a noção das suas funções básicas: antes de mais nada era o filtro da organização ofensiva contrária.
In:
O Jogo

(3) Flávio
Muito distante do seu melhor, mas ainda assim com uma actuação equilibrada face aos adversários, nomeadamente Petit.
In: Desportivo de Guimarães
.


                                                (Foto: ActionImages)

Declarações
Flávio Meireles: «Acusámos ansiedade e isso prejudicou-nos»
[ 2008/01/26 | 23:44 ] Redacção MaisFutebol
Flávio Meireles, capitão do V. Guimarães, em declarações à TVI, depois da derrota diante do Benfica (1-3), em jogo da 17ª jornada da Bwin Liga:
«Entrámos muito mal nos primeiros 45 minutos, o Benfica teve mais atitude, os jogadores do Benfica entraram com mais vontade de ganhar as bolas. Falhámos nas marcações e o Benfica foi mais eficaz. Na segunda parte entrámos bem, tivemos ali quinze minutos bem, conseguimos um golo e tivemos tudo para dar a volta ao marcador, mas acusámos ansiedade e isso prejudicou-nos».
In: MaisFutebol

Flávio Meireles: «Acusámos ansiedade»
CAPITÃO ADMITE QUE A EQUIPA PODIA TER EMPATADO
No final da partida, Flávio Meireles começou por reconhecer a boa entrada do Benfica no jogo. “Entrámos muito mal nos primeiros 45 minutos. O Benfica teve mais atitude, entrou com mais vontade e foi mais eficaz”, disse.
Depois, o Vitória reagiu mas Meireles aponta a razão de não ter conseguido o empate: “Em 15 minutos fizemos um golo e podíamos ter empatado. Mas acusámos ansiedade e isso prejudicou-nos”.
In:
Record 

Flávio Meireles lamenta desaire: "Benfica foi mais eficaz"
O capitão do Vitória reconhece que a exibição da equipa na primeira parte foi determinante para o desfecho do encontro. "O adversário teve mais atitude, falhámos nas marcações e o Benfica foi mais eficaz".
Já no segundo tempo, Flávio Meireles admite que o Vitória alterou a sua forma de estar em campo. "Reentrámos bem, tivemos quinze minutos muito bons, conseguimos um golo e tivemos tudo para dar a volta ao marcador, mas acusámos ansiedade e isso prejudicou-nos".
In:
Desportivo de Guimarães
.

Resumo
Vejaaquio resumo do jogo.

publicado por CláudiaBragança às 16:16
link do post | comentar | favorito
|

.il capitano

Flávio Miguel Magalhães Sousa Meireles
Data de nascimento: 03/10/1976
Altura: 1,87m
Peso: 88 kg
Posição: Médio-defensivo
Número da camisola: 26
Nacionalidade: Portuguesa
Naturalidade: Ribeira de Pena
Residência: Guimarães

Trajectória:
1996/97: Moreirense
1997/98: Moreirense / Fafe
1998/2000: Fafe
2000/2003: Moreirense
Desde 2003: Vitória de Guimarães

.vídeos

Veja nonosso canal no You Tube
todos os vídeos relacionados com o Flávio.



Outros vídeos:

Declarações à GuimarãesTV

Reportagem RTP - Trio de Ataque

O capitão mais feliz do mundo

.o que dizem dele...

 

"O Flávio é o melhor
jogador que já treinei"
,

Manuel Machado 

 

"O Flávio é o melhor capitão
que tive em 25 anos de carreira.
Não que os outros não fossem bons,
mas ele é melhor,
porque além de tudo
é um colega."

Manuel Cajuda

 

"Nuno Santos aproveitou a
entrevista do jornal "O Vitória"
para falar de um atleta que o
impressionou pela positiva.
Nuno deixa aqui bem patente a
admiração por Flávio e enaltece
o peso do capitão no balneário:
"Quando cá cheguei, ouvi muitas
pessoas a dizer que o Flávio
estava há demasiado tempo no
Vitória. Dá-me vontade de rir,
porque as pessoas não fazem ideia
da importância do nosso capitão
dentro do balneário.
Ele é grande em tudo.
Transporta a mística do clube, integra
os que chegam, orienta os miúdos
e, além de tudo isto, dá a vida pelo
Vitória.

O Flávio, assim como o Moreno,
devem ser preservados, porque são
eles a alma do Vitória.
São os capitães na verdadeira acepção
da palavra. É um enorme prazer conviver
diariamente com gente desta natureza."
Nuno Santos (Jogador do VitóriaSC)

 

"Há um certo peso naquilo que eu digo,
tal como há no Flávio. Ele é a verdadeira
representatividade da massa associativa
dentro do campo, com o seu espírito guerreiro.
Capitão melhor do que ele não poderia haver,
é um capitão com propriedade porque se trata
de uma pessoa fantástica, um verdadeiro líder
que puxa sempre para cima."
Nilson (Jogador VitóriaSC)

.destaque Revista J

.Participe!

Qualquer dúvida, sugestão ou mensagem
que queira deixar neste blog por favor
utilize o nosso e-mail.

 

flaviomeireles26@sapo.pt

.links

.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.arquivos

.número de visitas

.fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds