Terça-feira, 30 de Março de 2010

Vitória vence Académica por 1-0

 

Crónica

Avaliação contínua dá saúde e faz crescer

Pedro Rocha

Nem as famosas regatas que opõem Cambridge a Oxford, envolvendo em exclusivo universitários altos e espadaúdos, conseguem ser mais emocionantes do que aquilo a que se assistiu ontem no Estádio D. Afonso Henriques. À excepção de duas bolas nos ferros, uma de Roberto e outra de Marquinho, quase foi necessário recorrer ao foto-finish para determinar o vencedor. O jogo galopava para o fim e teimava a igualdade a zero entre Guimarães e Académica, como se as duas equipas tivessem comportamentos semelhantes, o que não correspondeu à verdade. Para os minhotos, mais ofensivos e ariscos, interessados em defender o (eventual) quinto lugar europeu, não vinha nada a calhar, mas o mesmo trunfo de que Paulo Sérgio resolveu estranhamente abdicar no onze inicial entrou em campo, já no segundo tempo, e abriu alas para uma preciosa vitória, através de um notável disparo de primeira. Agora faz sentido a dita "avaliação" a que se referiu recentemente Emílio Macedo, o presidente reeleito do clube, sobre alguns (provavelmente todos) jogadores do plantel: a titularidade é tão efémera como o banco de suplentes. A cinco minutos do apito final, Rui Miguel, o tal jogador "fetiche" de Paulo Sérgio no Paços de Ferreira, justificou a profecia.

Os "branquinhos" de que Manuel Cajuda tantas saudades tinha, ao ponto de aproveitar as férias no Al-Sharjah para assistir ao jogo, fizeram realmente pela vida, atirando-se à Briosa como uma alcateia de lobos, de forma organizada, em bloco, ora em velocidade pelos flancos, ora esventrando as vísceras da "vítima" através de um terrível bisturi chamado Nuno Assis. Volta e meia, a Académica parecia escapar em velocidade. Tinha galgos para isso, como Sougou, Cris e João Ribeiro; só não conseguia acertar no alvo (houve mesmo dois falhanços incríveis de João Ribeiro), isto nos raros momentos em que o polícia Moreno e os defesas-centrais Gustavo e Valdomiro, dois gigantes assustadores, concediam espaços na defesa. A luta pela sobrevivência na Liga Sagres continua para a equipa de André Villas-Boas; já o Guimarães distanciou-se do Paços de Ferreira para se aproximar do Sporting.

Crónica do jornal O Jogo
Foto: vitoriasc.pt

   

Ficha de jogo 

Vitória SC 1-0 Académica
(Rui Miguel 85')

Competição: Liga Sagres (24ª jornada)
Estádio: D. Afonso Henriques, Guimarães
Arbitragem: Jorge Sousa, José Ramalho e José Luís Melo; Jorge Tavares

Vitória SC
Nilson, Alex, Gustavo, Valdomiro, Andrezinho, Moreno, João Alves (Jorge Gonçalves 68'), Marquinho (Rui Miguel 68'), Nuno Assis, Desmarets e Roberto (Flávio Meireles 89')
Suplentes não utilizados: Serginho, Leandro, Bruno Teles e Renan
Treinador: Paulo Sérgio
Golos: Rui Miguel
Cartões amarelos: Rui Miguel (86')
Cartões vermelhos: -

Académica
Rui Nereu, Pedrinho, Berger (Vouho 89'), Orlando, Emídio Rafael, Paulo Sérgio, Tiero, Cris (Nuno Coelho 77'), Sougou (Lito 55'), João Ribeiro e Éder
Suplentes não utilizados: Barroca, Pedro Costa, Luiz Nunes e Diogo Gomes
Treinador: André Vilas-Boas
Golos: -
Cartões amarelos: Paulo Sérgio (31'), Orlando (66') e Emídio Rafael (75')
Cartões vermelhos: -

 

Avaliação
A prestação do capitão, segundo a imprensa

Flávio Meireles -
Sem tempo para se mostrar.
O Jogo

 

Resumo
Veja aqui o resumo da partida (GuimarãesTV)

publicado por CláudiaBragança às 15:25
link do post | comentar | favorito
|

.il capitano

Flávio Miguel Magalhães Sousa Meireles
Data de nascimento: 03/10/1976
Altura: 1,87m
Peso: 88 kg
Posição: Médio-defensivo
Número da camisola: 26
Nacionalidade: Portuguesa
Naturalidade: Ribeira de Pena
Residência: Guimarães

Trajectória:
1996/97: Moreirense
1997/98: Moreirense / Fafe
1998/2000: Fafe
2000/2003: Moreirense
Desde 2003: Vitória de Guimarães

.vídeos

Veja nonosso canal no You Tube
todos os vídeos relacionados com o Flávio.



Outros vídeos:

Declarações à GuimarãesTV

Reportagem RTP - Trio de Ataque

O capitão mais feliz do mundo

.o que dizem dele...

 

"O Flávio é o melhor
jogador que já treinei"
,

Manuel Machado 

 

"O Flávio é o melhor capitão
que tive em 25 anos de carreira.
Não que os outros não fossem bons,
mas ele é melhor,
porque além de tudo
é um colega."

Manuel Cajuda

 

"Nuno Santos aproveitou a
entrevista do jornal "O Vitória"
para falar de um atleta que o
impressionou pela positiva.
Nuno deixa aqui bem patente a
admiração por Flávio e enaltece
o peso do capitão no balneário:
"Quando cá cheguei, ouvi muitas
pessoas a dizer que o Flávio
estava há demasiado tempo no
Vitória. Dá-me vontade de rir,
porque as pessoas não fazem ideia
da importância do nosso capitão
dentro do balneário.
Ele é grande em tudo.
Transporta a mística do clube, integra
os que chegam, orienta os miúdos
e, além de tudo isto, dá a vida pelo
Vitória.

O Flávio, assim como o Moreno,
devem ser preservados, porque são
eles a alma do Vitória.
São os capitães na verdadeira acepção
da palavra. É um enorme prazer conviver
diariamente com gente desta natureza."
Nuno Santos (Jogador do VitóriaSC)

 

"Há um certo peso naquilo que eu digo,
tal como há no Flávio. Ele é a verdadeira
representatividade da massa associativa
dentro do campo, com o seu espírito guerreiro.
Capitão melhor do que ele não poderia haver,
é um capitão com propriedade porque se trata
de uma pessoa fantástica, um verdadeiro líder
que puxa sempre para cima."
Nilson (Jogador VitóriaSC)

.destaque Revista J

.Participe!

Qualquer dúvida, sugestão ou mensagem
que queira deixar neste blog por favor
utilize o nosso e-mail.

 

flaviomeireles26@sapo.pt

.links

.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.arquivos

.número de visitas

.fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds