Sexta-feira, 5 de Março de 2010

Vitória vence em Leiria

Crónica

O rato é que abriu a porta do quarto

Rodrigo Cortez

O Guimarães ultrapassou o Sporting no quarto lugar da classificação e a culpa é toda do rato. Ou seja de Nuno Assis, o pequeno médio que, por vezes, tem golpes de asa de que mais ninguém se lembra e que é, também, conhecido por rato atómico. A sua esperteza fez, mesmo, toda a diferença, ao cavar um penálti que desequilibrou a partida a favor dos vimaranenses: porque proporcionou o único tento do jogo e, ao mesmo tempo, deixou o adversário com menos um atleta em campo.

Lance de génio à parte, o encontro não é difícil de descrever em poucas palavras: os mil e poucos adeptos (quase tantos do Vitória como do Leiria) assistiram a um longo jogo de preliminares, culminado com um êxtase que durou cerca de cinco minutos. A primeira parte foi toda entregue a lutas e devaneios tácticos dos dois treinadores, sem uma única ocasião de perigo para amostra. A segunda começou de idêntica forma, mas, a certa altura, pelos 55', as equipas resolveram deitar os trunfos na mesa.

De repente, tudo mudou. Uma estranha variação de toada começa com um lance na área do Vitória, com Nilson a evitar o golo a Marco Soares. No canto respectivo, Diego Gaúcho quase marca e, no contra-ataque vimaranense, Roberto falha o golo por milímetros. Na jogada seguinte, João Alves atira por cima com a baliza escancarada. Pareciam dois jogos diferentes: zero oportunidades até então e quatro de enfiada para mudar tudo. E veio uma quinta, inventada pelo tal Nuno Assis - esse sim, o ás de trunfo que estava na manga vitoriana - que surge isolado perante Godinho. Todos pensavam que ia rematar para golo, mas ele não quis apenas marcar: apostou na finta, esperando o natural contacto, que daria (e deu) o tal penálti e respectiva expulsão.

O jogo quase morreu ali. E dizemos quase porque os dez minutos finais tiveram nova dose de emotividade, com o Guimarães a desperdiçar uma série de oportunidades. E até o Leiria, que se pensava morto, conseguiu levantar-se da campa, quase fazendo o empate. Seria injusto para o Vitória, que está no quarto lugar com mérito próprio... e porque tem um médio esperto como poucos: Nuno Assis.

Crónica do jornal O Jogo

 

 

Ficha de jogo

União de Leiria 0-1 Vitória SC
(Andrézinho g.p 65')

Competição: Liga Sagres (21ª jornada)
Estádio: Dr. Magalhães Pessoa, Leiria
Arbitragem: Jorge Sousa; João Santos e José Melo; Pedro Vilaça

União de Leiria
Hélder Godinho, Paulo Vinicius, Diego Gaúcho, Zé António, Ronny, André Santos, Marco Soares (Zahovaiko 83'), Pateiro (Tiago Luís 81'), Silas, Cássio e Carlão (Mika 61')
Suplentes não utilizados: Bruno Miguel, Vítor Moreno, Rafael Bitencourt e Ouattara
Treinador: Lito Vidigal
Golos: -
Cartões amarelos: Silas (90'+8')
Cartões vermelhos: Hélder Godinho (58')

Vitória SC
Nilson, Alex, Gustavo, Valdomiro, Andrezinho, Moreno, João Alves, Nuno Assis, Rui Miguel (Fábio Felício 77'), Desmarets (Marquinho 55', Flávio Meireles 90'+4') e Roberto
Suplentes não utilizados: Serginho, Leandro, Renan Garcia e Douglas
Treinador: Paulo Sérgio
Golos: Andrézinho
Cartões amarelos: Rui Miguel (31'), João Alves (43'), Nilson (78') e Flávio Meireles (90'+6') 
Cartões vermelhos: -

 

Avaliação
A prestação do capitão, segundo a imprensa

Flávio Meireles - 2
Jogou apenas cinco minutos a tempo de ver um cartão amarelo.
O Jogo

Flávio Meireles - 2
Utilizado para segurar no jogo quando a equipa quase parecia asfixiada. Ainda viu um cartão amarelo.
sportdigital.net

 

Resumo
Veja aqui o resumo da partida (GuimarãesTV)

publicado por CláudiaBragança às 20:26
link do post | comentar | favorito
|

.il capitano

Flávio Miguel Magalhães Sousa Meireles
Data de nascimento: 03/10/1976
Altura: 1,87m
Peso: 88 kg
Posição: Médio-defensivo
Número da camisola: 26
Nacionalidade: Portuguesa
Naturalidade: Ribeira de Pena
Residência: Guimarães

Trajectória:
1996/97: Moreirense
1997/98: Moreirense / Fafe
1998/2000: Fafe
2000/2003: Moreirense
Desde 2003: Vitória de Guimarães

.vídeos

Veja nonosso canal no You Tube
todos os vídeos relacionados com o Flávio.



Outros vídeos:

Declarações à GuimarãesTV

Reportagem RTP - Trio de Ataque

O capitão mais feliz do mundo

.o que dizem dele...

 

"O Flávio é o melhor
jogador que já treinei"
,

Manuel Machado 

 

"O Flávio é o melhor capitão
que tive em 25 anos de carreira.
Não que os outros não fossem bons,
mas ele é melhor,
porque além de tudo
é um colega."

Manuel Cajuda

 

"Nuno Santos aproveitou a
entrevista do jornal "O Vitória"
para falar de um atleta que o
impressionou pela positiva.
Nuno deixa aqui bem patente a
admiração por Flávio e enaltece
o peso do capitão no balneário:
"Quando cá cheguei, ouvi muitas
pessoas a dizer que o Flávio
estava há demasiado tempo no
Vitória. Dá-me vontade de rir,
porque as pessoas não fazem ideia
da importância do nosso capitão
dentro do balneário.
Ele é grande em tudo.
Transporta a mística do clube, integra
os que chegam, orienta os miúdos
e, além de tudo isto, dá a vida pelo
Vitória.

O Flávio, assim como o Moreno,
devem ser preservados, porque são
eles a alma do Vitória.
São os capitães na verdadeira acepção
da palavra. É um enorme prazer conviver
diariamente com gente desta natureza."
Nuno Santos (Jogador do VitóriaSC)

 

"Há um certo peso naquilo que eu digo,
tal como há no Flávio. Ele é a verdadeira
representatividade da massa associativa
dentro do campo, com o seu espírito guerreiro.
Capitão melhor do que ele não poderia haver,
é um capitão com propriedade porque se trata
de uma pessoa fantástica, um verdadeiro líder
que puxa sempre para cima."
Nilson (Jogador VitóriaSC)

.destaque Revista J

.Participe!

Qualquer dúvida, sugestão ou mensagem
que queira deixar neste blog por favor
utilize o nosso e-mail.

 

flaviomeireles26@sapo.pt

.links

.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.arquivos

.número de visitas

.fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds