Quarta-feira, 25 de Novembro de 2009

Vitória vence na Luz e segue em frente na Taça


                                                                                                                                     Foto: vitoriasc.pt

 

Crónica

Vitória, vitória acabou-se a história

Sérgio André

Para uns começa para outros acaba. Fim de linha para o Benfica na Taça de Portugal. O Vitória de Guimarães segue para a 5ª eliminatória da prova com muito mérito, sobretudo porque foi uma equipa personalizada, eficaz a defender e, uma boa parte do tempo longe da sua baliza, e sempre a espreitar o contra-ataque, que só não deu outros resultados porque David Luiz foi resolvendo os problemas que apareceram no sector mais recuado das águias.

Este foi o terceiro triunfo dos vitorianos na Luz na segunda prova mais importante do calendário nacional. Um desvio oportuno de Gustavo aos 25' deitou por terra uma equipa que ainda não tinha perdido em casa esta temporada.

Os comandados de Jorge Jesus não tiveram argumentos para dar a volta ao jogo... pela quinta vez. E se o treinador encarnado esperava atingir outros patamares nesta competição, como havia afirmado um dia antes na conferência de Imprensa, então o tiro saiu-lhe pela culatra. Jesus teve ontem o primeiro abanão à frente do Benfica.

Ainda sem Cardozo (agora percebe-se ainda mais a importância do paraguaio na equipa), Keirrison, que marcara um golo no particular contra o Santa Clara e tudo indicava estaria moralizado, foi o homem escolhido para jogar ao lado de Saviola. Ramires também regressou à equipa e tudo parecia perfeito para mais uma jornada de glória. Puro engano. Keirrison mostrou, isso sim, que (ainda) não tem pedalada para a liga portuguesa e foi penalizando o esforço dos companheiros ao longo do jogo. Apenas um remate aceitável!

Mas a derrota do Benfica não morre nos pés do homem que o Barcelona contratou por 14 milhões. Paulo Sérgio montou uma estratégia audaz, dando liberdade de acção a Targino, Nuno Assis e Desmarets, no ataque, e blindando as principais figuras do adversário, os homens que poderiam criar desequilíbrios.

Custódio seguiu as pisadas de Aimar, Flávio Meireles não perdeu de vista Saviola, Andrezinho e João Alves cortaram a respiração a Di María, Nuno Assis ajudava a manter longe da vista Javi García e estava encontrada a chave do jogo. Os criativos do Benfica foram completamente anulados pelo adversário e, se a isso se juntar a ausência de poder de fogo, tudo se torna mais simples.

O Vitória de Guimarães foi inteligente na abordagem do jogo e empurrou as águias para o primeiro desaire da temporada, privisível, aliás, depois de terem sofrido o golo - o melhor que conseguiriam esta temporada, estando em desvantagem, foi um empate contra o Marítimo.

Sem ter criado muitas oportunidades de golo ao longo do desafio, o Guimarães manteve quase sempre o adversário à distância, não permitindo que jogassem no último terço do campo. Só à entrada do último quarto de hora, já com Weldon, Felipe Menezes e Nuno Gomes em campo, o Benfica criou algumas situações de perigo, tendo sido mais incisivo em termos ofensivos. Perante a profundidade atacante dos encarnados, Paulo Sérgio respondeu com Milhazes, Alex e Douglas, conseguindo dar consistência ao meio-campo, velocidade ao sector mais recuado e refrescar o ataque.

E nem mesmo a expulsão de Desmarets mesmo ao cair ao pano fez tremer o castelo do Vitória.

Crónica do jornal O Jogo

 

 

Ficha de jogo

SL Benfica 0-1 Vitória SC
(Gustavo 25') 

Competição: Taça de Portugal (4ª eliminatória)
Estádio: Estádio da Luz, Lisboa
Arbitragem: Elmano Santos; António Godinho e Sérgio Serrão; Luís Maria

SL Benfica
Moreira, Rúben Amorim (Felipe Menezes 85'), Sidnei, David Luiz , Fábio Coentrão, Javi García, Ramires, Di María, Aimar (Weldon 68'), Saviola e Keirrison (Nuno Gomes 81')
Suplentes não utilizados: Júlio César, Maxi Pereira, Miguel Vítor e César Peixoto
Treinador: Jorge Jesus
Golos: -
Cartões amarelos: Fábio Coentrão (70'), Saviola (80') e David Luiz (90'+2')
Cartões vermelhos: -

Vitória SC
Nilson, Andrezinho, Moreno, Gustavo, Sereno (Milhazes 69'), Custódio (Alex 80'), Flávio Meireles, Nuno Assis, João Alves (Douglas 90'), Desmarets e Targino
Suplentes não utilizados: Serginho, Rui Miguel, Marquinho e Roberto
Treinador: Paulo Sérgio
Golos: Gustavo
Cartões amarelos: Gustavo (20'), Desmarets (28'), Moreno (44'), Flávio Meireles (65'), Andrezinho (72') e Desmarets (90'+4')
Cartões vermelhos: Desmarets (90'+4')

 

 

 

Avaliação
A prestação do capitão, segundo a imprensa

Flávio Meireles - 7
Parte do segredo para travar o Benfica passava por dominar Saviola. Meireles anulou-o com mestria.
O Jogo

Flávio Meireles - 6
Mais preocupado em proteger a grande área da sua equipa, tampão para os centrais. Transformou-se, acima de tudo na segunda parte, num terceiro central, impondo os seus pontos fortes: colocação e bom jogo aéreo. Não precisou de tocar muitas vezes na bola porque para isso havia Nuno Assis.
A Bola

Flávio Meireles - 8
(JMV - Jogador Mais Valioso)
Numa exibição tacticamente irrepreensível, o capitão vitoriano foi o verdadeiro timoneiro assumindo com audácia e muita entrega o leme do Vitória. Com um miolo tão povoado Flávio Meireles foi a voz de comando das operações defensivas da turma de Paulo Sérgio. Nos momentos cruciais exibiu o seu estatuto e apareceu a resolver a situação. O seu pé discreto aparece muitas vezes onde ninguém está à espera.
sportdigital.net

 

Resumo
Veja aqui o resumo da partida (GuimarãesTV)

 

publicado por CláudiaBragança às 17:45
link do post | comentar | favorito
|

.il capitano

Flávio Miguel Magalhães Sousa Meireles
Data de nascimento: 03/10/1976
Altura: 1,87m
Peso: 88 kg
Posição: Médio-defensivo
Número da camisola: 26
Nacionalidade: Portuguesa
Naturalidade: Ribeira de Pena
Residência: Guimarães

Trajectória:
1996/97: Moreirense
1997/98: Moreirense / Fafe
1998/2000: Fafe
2000/2003: Moreirense
Desde 2003: Vitória de Guimarães

.vídeos

Veja nonosso canal no You Tube
todos os vídeos relacionados com o Flávio.



Outros vídeos:

Declarações à GuimarãesTV

Reportagem RTP - Trio de Ataque

O capitão mais feliz do mundo

.o que dizem dele...

 

"O Flávio é o melhor
jogador que já treinei"
,

Manuel Machado 

 

"O Flávio é o melhor capitão
que tive em 25 anos de carreira.
Não que os outros não fossem bons,
mas ele é melhor,
porque além de tudo
é um colega."

Manuel Cajuda

 

"Nuno Santos aproveitou a
entrevista do jornal "O Vitória"
para falar de um atleta que o
impressionou pela positiva.
Nuno deixa aqui bem patente a
admiração por Flávio e enaltece
o peso do capitão no balneário:
"Quando cá cheguei, ouvi muitas
pessoas a dizer que o Flávio
estava há demasiado tempo no
Vitória. Dá-me vontade de rir,
porque as pessoas não fazem ideia
da importância do nosso capitão
dentro do balneário.
Ele é grande em tudo.
Transporta a mística do clube, integra
os que chegam, orienta os miúdos
e, além de tudo isto, dá a vida pelo
Vitória.

O Flávio, assim como o Moreno,
devem ser preservados, porque são
eles a alma do Vitória.
São os capitães na verdadeira acepção
da palavra. É um enorme prazer conviver
diariamente com gente desta natureza."
Nuno Santos (Jogador do VitóriaSC)

 

"Há um certo peso naquilo que eu digo,
tal como há no Flávio. Ele é a verdadeira
representatividade da massa associativa
dentro do campo, com o seu espírito guerreiro.
Capitão melhor do que ele não poderia haver,
é um capitão com propriedade porque se trata
de uma pessoa fantástica, um verdadeiro líder
que puxa sempre para cima."
Nilson (Jogador VitóriaSC)

.destaque Revista J

.Participe!

Qualquer dúvida, sugestão ou mensagem
que queira deixar neste blog por favor
utilize o nosso e-mail.

 

flaviomeireles26@sapo.pt

.links

.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.arquivos

.número de visitas

.fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds