Domingo, 20 de Setembro de 2009

Capitão reage à derrota em Matosinhos


                                                                                 Foto: vitoriasc.pt

 

“Não estivemos bem mas vamos dar já uma resposta na Taça da Liga”

Flávio Meireles comenta derrota frente ao Leixões

Dentro e fora de campo, Flávio Meireles e o líder natural da equipa vitoriana. O capitão não procura holofotes mas é o primeiro a defender o grupo e comentar derrotas. Assumindo responsabilidades pelo mau resultado em Matosinhos, Flávio Meireles mostra-se “mais indignado com a exibição”. “O que mais nos preocupou foi a nossa exibição, a derrota. O presidente veio defender o Vitória contra a arbitragem e a Direcção irá tomar a atitude que achar mais correcta. Nós, jogadores, pedimos imparcialidade dos árbitros”, começou por dizer em conferência de imprensa.

Com base nas ideias de Nelo Vingada, o capitão reafirmou que “esta derrota deve ser lembrada”. “Não tivemos bem, não tivemos ao nosso nível. É uma derrota para ser lembrada, uma derrota que já foi debatida. Vamos tirar ilações deste jogo e na quarta-feira vamos dar uma resposta mais condizente com o nosso valor”, comentou, perspectivando já o próximo jogo frente ao Sp. Covilhã, a contar para a Taça da Liga.

Em apenas cinco jornadas, o plantel vitoriano já sofreu três expulsões. Flávio, Nuno Assis e Douglas já viram a cartolina vermelha, por protestos ou agressões. Uma situação que, segundo o capitão, “não pode acontecer”. “ As nossas energias têm de estar viradas para o jogo. Quanto aos cartões, é no calor do jogo mas como profissionais temos de manter a cabeça fria, por muito que custe. É uma situação que teremos de controlar”, afirmou.

E à quinta jornada, o Vitória tem apenas cinco pontos. Depois da boa pré-época e com base no valor do grupo, Flávio Meireles esperava mais deste arranque de campeonato. “Obviamente que esperávamos mais. Com base nos nossos objectivos, planeávamos estar com mais pontos mas o futebol é assim. A equipa tem objectivos grandes e, por isso, tem de manter o equilíbrio”, atestou o capitão, reforçando depois a qualidade da equipa:”Com a potencialidade que esta equipa tem, terá de se exibir de uma maneira constante”.

"O Vitória quer ganhar um troféu”

É já esta semana que o Vitória dá o pontapé de saída na Taça da Liga. Esta quarta-feira, pelas 18h30, a equipa de Nelo Vingada recebe o Sp. Convilhã, no Estádio D. Afonso Henriques. E se a prova está ainda no início, Flávio Meireles aponta já o caminho para a final. “Queremos chegar à final. O Vitória quer ganhar um troféu. Temos grandes aspirações nesta Taça e vamos encarar o jogo frente ao Covilhã com seriedade”, concluiu.

vitoriasc.pt

 


  

Flávio Meireles: «O que mais nos preocupou foi a nossa exibição»

INDIGNADO E PREOCUPADO COM DERROTA EM MATOSINHOS

O capitão do Vitória de Guimarães disse-se hoje "indignado" e "preocupado" com a exibição e derrota (3-1) da equipa ante o Leixões, sexta-feira, da quinta jornada da liga de futebol.
Flávio Meireles mostrou-se "mais indignado com a exibição" ao contrário do presidente do clube, Macedo da Silva que, no final do jogo, teceu violentas críticas à equipa de arbitragem chefiada por João Ferreira.
"O que mais nos preocupou foi a nossa exibição, a derrota. O presidente veio defender o Vitória contra a arbitragem e a direcção irá tomar a atitude que achar mais correta. Nós, jogadores, pedimos imparcialidade dos árbitros", afirmou em conferência de imprensa.
Para o experiente jogador, e à semelhança do que defendeu o treinador Nelo Vingada, "esta derrota deve ser lembrada".
"Não estivemos bem, não estivemos ao nosso nível. É uma derrota para ser lembrada e que já foi debatida. Vamos tirar ilações deste jogo e quarta-feira vamos dar uma resposta mais condizente com o nosso valor", comentou, perspetivando já a partida frente ao Sporting da Covilhã, a contar para a Taça da Liga.
A expulsão do avançado brasileiro Douglas no jogo com a equipa de Matosinhos também mereceu um comentário de Flávio Meireles, até porque em apenas cinco jornadas já foram expulsos três jogadores, ele próprio, Nuno Assis (ambos frente ao Benfica) e Douglas.
"Não pode acontecer: as nossas energias têm de estar viradas para o jogo. Os cartões surgem no calor do jogo, mas como profissionais temos de manter a cabeça fria, por muito que custe. É uma situação que teremos de controlar", frisou, o jogador, de 32 anos.
Com cinco pontos no final da quinta jornada, Flávio Meireles admite que esperava mais neste arranque de campeonato.
"Com base nos nossos objectivos planeávamos estar com mais pontos, mas o futebol é assim. A equipa tem objectivos grandes e, por isso, tem de manter o equilíbrio", afirmou, defendendo que, face à "potencialidade da equipa, ela terá de se exibir de uma maneira constante".

Taça da Liga

Flávio Meireles abordou ainda o jogo da Taça da Liga, quarta-feira, às 18:30, em Guimarães, e assumiu muita ambição: "queremos chegar à final. O Vitória quer ganhar um troféu. Temos grandes aspirações nesta Taça e vamos encarar o jogo frente ao Covilhã com seriedade", concluiu.

Record

 


 

Queixa em equação

Bruno Filipe Monteiro

Uma boa noite de sono não chegou para fazer desaparecer a revolta do Guimarães para com a arbitragem de João Ferreira em Matosinhos. Ontem não se falava noutra coisa no Complexo da Unidade, onde a equipa treinou pela manhã, e os responsáveis do clube vimaranense estão mesmo a ponderar realizar uma exposição à Liga de Clubes. Por isso, estão a analisar com mil cuidados cada lance passível de dúvida do encontro com o Leixões, para depois realizar uma compilação e fazê-la chegar às mãos de Hermínio Loureiro.
Na base da indignação do Guimarães, bem expressa no discurso de Emílio Macedo na conferência de Imprensa que se seguiu ao jogo, estão várias decisões de João Ferreira, que no passado já tinha sido alvo de críticas pelo facto de, como quarto árbitro, ter aconselhado um companheiro a expulsar o vitoriano Romeu. A agressividade dos jogadores do Leixões, que os responsáveis do clube da Cidade Berço consideram ter sido excessiva, bem como a dualidade de critérios do juiz de Setúbal no capítulo técnico e disciplinar, são os principais motivos de queixa.
Flávio Meireles confessou-se mais preocupado com a exibição realizada pela equipa, mas endereçou uma mensagem aos árbitros. "Enquanto profissionais do Vitória de Guimarães, só pedimos a imparcialidade dos árbitros", referiu o capitão, que sublinhou a necessidade de a equipa "dar uma resposta mais condizente com o que pode fazer" na quarta-feira, frente ao Covilhã (Carlsberg Cup). A começar pela forma de estar em campo. "As expulsões surgem no calor do jogo, porque achamos que temos razão e barafustamos. Mas, por muito que isso nos custe e revolte, temos de ter a cabeça fria, porque isso só nos prejudica", rematou.

O Jogo

 


 

«O que mais nos preocupou foi a exibição» – Flávio Meireles

Por Redacção

O capitão do V. Guimarães, Flávio Meireles, dá a cara pelo grupo de trabalho e reconhece que a derrota com o Leixões, em Matosinhos, não está a ser de fácil digestão. «É uma derrota para ser lembrada e que já foi debatida», afirmou.

«Não tivemos bem, não tivemos ao nosso nível. É uma derrota para ser lembrada, uma derrota que já foi debatida. Vamos tirar ilações deste jogo e na quarta-feira vamos dar uma resposta mais condizente com o nosso valor», afiançou, perspectivando já o jogo com o Sp. Covilhã, referente à Taça da Liga.

O presidente do clube, Emílio Macedo, não escondeu a indignação com a actuação da equipa de arbitragem liderada por João Ferreira. Flávio Meireles dá voz ao grupo e diz que os jogadores apenas querem a «imparcialidade dos árbitros»: «O que mais nos preocupou foi a nossa exibição, a derrota. O presidente veio defender o Vitória contra a arbitragem e a Direcção irá tomar a atitude que achar mais correcta. Nós, jogadores, pedimos imparcialidade dos árbitros».

Quanto ao facto de se contarem já três expulsões em apenas cinco jornadas... «É uma situação que teremos de controlar, as nossas «energias têm de estar viradas para o jogo».

Já sobre os escassos cinco pontos conquistados, o capitão vimaranense assume que, no Berço, todos esperavam «mais». «Com base nos nossos objectivos, planeávamos estar com mais pontos mas o futebol é assim. A equipa tem objectivos grandes e, por isso, tem de manter o equilíbrio», atirou.

A Bola

 


 

Meireles: «O que mais nos preocupou foi a nossa exibição»

Capitão do V. Guimarães não tem a mesma opinião do presidente

Um dia depois da derrota do Vitória em Matosinhos e de o presidente ter falado em roubo, o capitão Flávio Meireles assumiu que o pior foi mesmo o desempenho da equipa.
«O que mais nos preocupou foi a nossa exibição, a derrota. O presidente [Emílio Macedo] veio defender o Vitória contra a arbitragem e a direcção irá tomar a atitude que achar mais correcta. Nós, jogadores, pedimos imparcialidade dos árbitros», considerou o jogador neste sábado, citado pela Agência Lusa.
«Não estivemos bem, não estivemos ao nosso nível. É uma derrota para ser lembrada e que já foi debatida. Vamos tirar ilações deste jogo e quarta-feira vamos dar uma resposta mais condizente com o nosso valor», prometeu, referindo-se ao desafio com o Sp. Covilhã, a contar para a Taça da Liga.
Com cinco pontos somados em 15 possíveis, o médio admitiu que a contabilidade não é a esperada: «Com base nos nossos objectivos, planeávamos estar com mais pontos, mas o futebol é assim. Temos objectivos grandes e, por isso, há que manter o equilíbrio. Face ao potencial da equipa, terá de se exibir de maneira constante»
Relativamente ao jogo da Taça da Liga, quarta-feira, às 18h30, em Guimarães, Flávio Meireles não escondeu a ambição. «Queremos chegar à final. O Vitória quer ganhar um troféu. Temos grandes aspirações nesta prova e vamos encarar o jogo frente ao Sp. Covilhã com seriedade.»

MaisFutebol

publicado por CláudiaBragança às 16:22
link do post | comentar | favorito
|

.il capitano

Flávio Miguel Magalhães Sousa Meireles
Data de nascimento: 03/10/1976
Altura: 1,87m
Peso: 88 kg
Posição: Médio-defensivo
Número da camisola: 26
Nacionalidade: Portuguesa
Naturalidade: Ribeira de Pena
Residência: Guimarães

Trajectória:
1996/97: Moreirense
1997/98: Moreirense / Fafe
1998/2000: Fafe
2000/2003: Moreirense
Desde 2003: Vitória de Guimarães

.vídeos

Veja nonosso canal no You Tube
todos os vídeos relacionados com o Flávio.



Outros vídeos:

Declarações à GuimarãesTV

Reportagem RTP - Trio de Ataque

O capitão mais feliz do mundo

.o que dizem dele...

 

"O Flávio é o melhor
jogador que já treinei"
,

Manuel Machado 

 

"O Flávio é o melhor capitão
que tive em 25 anos de carreira.
Não que os outros não fossem bons,
mas ele é melhor,
porque além de tudo
é um colega."

Manuel Cajuda

 

"Nuno Santos aproveitou a
entrevista do jornal "O Vitória"
para falar de um atleta que o
impressionou pela positiva.
Nuno deixa aqui bem patente a
admiração por Flávio e enaltece
o peso do capitão no balneário:
"Quando cá cheguei, ouvi muitas
pessoas a dizer que o Flávio
estava há demasiado tempo no
Vitória. Dá-me vontade de rir,
porque as pessoas não fazem ideia
da importância do nosso capitão
dentro do balneário.
Ele é grande em tudo.
Transporta a mística do clube, integra
os que chegam, orienta os miúdos
e, além de tudo isto, dá a vida pelo
Vitória.

O Flávio, assim como o Moreno,
devem ser preservados, porque são
eles a alma do Vitória.
São os capitães na verdadeira acepção
da palavra. É um enorme prazer conviver
diariamente com gente desta natureza."
Nuno Santos (Jogador do VitóriaSC)

 

"Há um certo peso naquilo que eu digo,
tal como há no Flávio. Ele é a verdadeira
representatividade da massa associativa
dentro do campo, com o seu espírito guerreiro.
Capitão melhor do que ele não poderia haver,
é um capitão com propriedade porque se trata
de uma pessoa fantástica, um verdadeiro líder
que puxa sempre para cima."
Nilson (Jogador VitóriaSC)

.destaque Revista J

.Participe!

Qualquer dúvida, sugestão ou mensagem
que queira deixar neste blog por favor
utilize o nosso e-mail.

 

flaviomeireles26@sapo.pt

.links

.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.arquivos

.número de visitas

.fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds