Terça-feira, 19 de Maio de 2009

Capitão em conferência de imprensa


                                                                                   Foto: vitoriasc.pt

 

“Iremos dar o nosso melhor até ao fim”

A uma jornada do final da época, Flávio Meireles relega para depois qualquer balanço de época. Para o capitão, “o balanço deverá ser feito no fim e neste momento estamos concentrados em conquistar uma vitória frente à Académica”. Consciente da irregularidade que o Vitória apresentou nos jogos em casa, o número 26 não entra em lamentações. Porque, para Flávio, importa agora arranjar soluções. “É uma época menos conseguida em casa. No ano passado o factor casa foi uma das nossas armas e este ano isso não aconteceu. Tentaremos agora solucionar os problemas para a próxima época”, comentou na conferência de imprensa desta manhã. Com o objectivo de entrar na temporada que se avizinha com o “pé direito”, Flávio assegura que o presente servirá de reflexão para que “a próxima época seja melhor”.
Flávio é a voz do comando da equipa. O capitão conhece o grupo melhor que ninguém. Defende. Apoia. Integra. E na defesa dos seus colegas, o comandante salientou que “não há nem pode haver qualquer relaxamento dos jogadores”. “Este grupo tem profissionalismo e carácter. Todas as pessoas podem meter na cabeça que até ao fim, os jogadores darão o melhor que sabem em campo, para conseguir sempre uma vitória”, atestou.
O capitão é o rosto de um grupo profissional. Um grupo amigo que integra todos os jogadores com o maior carinho. Foi assim com Kamani Hill e será assim com todos os jogadores que poderão chegar. “O Kamani foi acarinhado por todos os jogadores e disse que nunca tinha visto nada assim. Viu uma camaradagem fora do normal e isso também o ajudou a desinibir-se. Caiu bem no nosso grupo e desejo-lhe e maior sorte do mundo”, comentou, reforçando ainda a qualidade do atleta:”é um miúdo cheio de potencial, com muito valor”.

"Ainda é cedo para pensar em terminar a carreira"
Com contrato por mais uma época, Flávio pensa num futuro mais alargado. O capitão não pensa em terminar a carreira e um dia que o faça, gostaria de representar o Vitória. “Todos sabem que gostaria de terminar a minha carreira neste Clube mas ainda é cedo para pensar em terminar a carreira”, assegurou. Flávio Meireles não sabe quando irá largar as botas mas, no presente, o capitão tem apenas uma convicção:”Estou aqui de corpo e alma e vou dar sempre o meu melhor. Estarei aqui enquanto me sentir útil”.

Reportagem do Site Oficial do VitóriaSC

 

 


 

 

Época a não repetir 

A uma jornada do final da Liga Sagres, o capitão Flávio Meireles espera presentear os adeptos do Guimarães com "um triunfo" frente à Académica, após duas derrotas consecutivas, com Rio Ave e Estrela da Amadora.
Mesmo sem metas a conquistar, o médio-defensivo garantiu que o empenho dos jogadores será o mesmo de sempre. Na antevisão ao jogo na Reboleira, e face à ausência de objectivos mais aliciantes, o adjunto Basílio Marques, recorde-se, tinha admitido que, talvez, os jogadores pudessem estar já a pensar nas férias mas o médio tem outra visão: "Não houve nem pode haver relaxamento dos jogadores do Vitória. Temos profissionalismo, carácter e, a esse nível, o grupo é inexcedível. As pessoas podem meter na cabeça que até ao final de sábado os jogadores serão profissionais e darão o melhor que sabem e têm em campo para conquistar a vitória", garantiu.
Embora sejam evidentes os altos e baixos vividos ao longo da temporada, e mesmo que este não seja, na sua opinião, o momento ideal para balanços, lá foi admitindo que "todas essas questões terão de ser analisadas internamente quando acabar o campeonato para entrarmos, depois, com o pé direito". "Esta época tem de servir de reflexão para que a próxima seja melhor", completou.

Reportagem de SC no jornal O Jogo

 


 

Flávio Meireles promete empenho

Capitão apela ao profissionalismo dos companheiros e adia balanço por uma semana

Antes do jogo com o E. Amadora, o adjunto Basílio Marques disse que os jogadores vimaranenses, a exemplo do que se passa noutros clubes, poderiam estar a pensar nas férias, mas Flávio Meireles tem opinião diferente e promete empenho no encontro de sábado: «Os jogadores do Vitória são profissionais e o carácter deste grupo é inexcedível. Podem acreditar, nós vamos dar o melhor para vencer o encontro com a Académica.» Convidado a fazer um balanço sobre a época, o capitão preferiu adiar a análise para a próxima semana: «Ainda falta uma jornada e estamos concentrados no que falta jogar. Só depois é que se podem fazer as contas da temporada.»

Reportagem do jornal A Bola

publicado por CláudiaBragança às 22:21
link do post | comentar | favorito
|

.il capitano

Flávio Miguel Magalhães Sousa Meireles
Data de nascimento: 03/10/1976
Altura: 1,87m
Peso: 88 kg
Posição: Médio-defensivo
Número da camisola: 26
Nacionalidade: Portuguesa
Naturalidade: Ribeira de Pena
Residência: Guimarães

Trajectória:
1996/97: Moreirense
1997/98: Moreirense / Fafe
1998/2000: Fafe
2000/2003: Moreirense
Desde 2003: Vitória de Guimarães

.vídeos

Veja nonosso canal no You Tube
todos os vídeos relacionados com o Flávio.



Outros vídeos:

Declarações à GuimarãesTV

Reportagem RTP - Trio de Ataque

O capitão mais feliz do mundo

.o que dizem dele...

 

"O Flávio é o melhor
jogador que já treinei"
,

Manuel Machado 

 

"O Flávio é o melhor capitão
que tive em 25 anos de carreira.
Não que os outros não fossem bons,
mas ele é melhor,
porque além de tudo
é um colega."

Manuel Cajuda

 

"Nuno Santos aproveitou a
entrevista do jornal "O Vitória"
para falar de um atleta que o
impressionou pela positiva.
Nuno deixa aqui bem patente a
admiração por Flávio e enaltece
o peso do capitão no balneário:
"Quando cá cheguei, ouvi muitas
pessoas a dizer que o Flávio
estava há demasiado tempo no
Vitória. Dá-me vontade de rir,
porque as pessoas não fazem ideia
da importância do nosso capitão
dentro do balneário.
Ele é grande em tudo.
Transporta a mística do clube, integra
os que chegam, orienta os miúdos
e, além de tudo isto, dá a vida pelo
Vitória.

O Flávio, assim como o Moreno,
devem ser preservados, porque são
eles a alma do Vitória.
São os capitães na verdadeira acepção
da palavra. É um enorme prazer conviver
diariamente com gente desta natureza."
Nuno Santos (Jogador do VitóriaSC)

 

"Há um certo peso naquilo que eu digo,
tal como há no Flávio. Ele é a verdadeira
representatividade da massa associativa
dentro do campo, com o seu espírito guerreiro.
Capitão melhor do que ele não poderia haver,
é um capitão com propriedade porque se trata
de uma pessoa fantástica, um verdadeiro líder
que puxa sempre para cima."
Nilson (Jogador VitóriaSC)

.destaque Revista J

.Participe!

Qualquer dúvida, sugestão ou mensagem
que queira deixar neste blog por favor
utilize o nosso e-mail.

 

flaviomeireles26@sapo.pt

.links

.Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.arquivos

.número de visitas

.fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds